A voz em (instabilidade da) rede

Liana Ferraz DINIZ, Sônia Goussinsky

Resumo


Perceber e discorrer sobre processos das aulas de estudo e práticas vocais em tempos pandêmicos, é o objetivo desseensaio em fluxo de pensamento. A experiência de dois semestres sem ouvir a voz presencial-viva de nossas alunas e nossos alunos trouxe a perspectiva de um novo encontro possível, com especificidades ao mesmo tempo desafiadoras e surpreendentes.

Palavras-chave: Voz. Teatro. Virtualidade. Vocalidade.




Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, Manoel de. O livro das ignorãças. Rio de Janeiro : Alfaguara, 2016.

FRANKL, Viktor E. Em busca de sentido: um psicólogo no campo de concentração. Trad. Walter O. Schlupp e Carlos C. Aveline. São Leopoldo: Sinodal; Petrópolis: Vozes, 2008.

TELLES, Narciso, FERRACINI, Renato, de BULHÕES-CARVALHO, Ana Maria; CARREIRA, André. Representação e Ética. OuvirOUver, 13 (1), p. 162-176, 2017. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/ouvi- rouver/article/view/36977. Acesso em: 06 out. 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Liana Ferraz Diniz, Sônia Goussinsky